Aikido Itajaí

Depoimentos

DSCN1102

Alessandro da Silva Scholze

39 anos
Médico de Família e Comunidade

Para quem começa sem saber direito o que é direita e esquerda, o Aikido é um desafio, como uma metáfora da vida: aprendemos principalmente a cair e levantar. A partir daí, realizamos algumas conquistas a cada dia para nos lembrarmos sempre que há muito mais para aprender e que tudo o que aprendermos será sempre um exercício diário.

DSC07723

Amira Felde

18 anos
Estudante

Sempre tive uma certa curiosidade pelas artes marciais, descobri o aikido através do meu irmão, venho praticando desde agosto de 2013, e adorei o fato de ser uma defesa pessoal onde ter força acaba sendo desnecessário, e dizem por aí que o aikido é uma luta favorável para pessoas pequenas, ou seja, eu simplesmente achei o lugar perfeito para mim. Além dos treinos é sempre praticado a tradição, disciplina, respeito, amor um pelo outro o que é essencial para todo ser humano.

ari

Ari Cristofolini

35 anos
Corretor de Seguros

Fiz a aula experimental por curiosidade. Eu precisava de uma atividade física. Então, o Aikido me chamou a atenção, principalmente por ser uma arte de defesa. Não há concorrência ou competição. Existe um aprendizado constante. Um regime de parceria muito legal. Uma filosofia desafiadora e interessantíssima, que exercita o corpo e a mente.

DSC07732

Arnaldo Willain Filho

39 anos
Professor

Descobri o Aikido por acaso através de uma conversa com uma amiga que pratica, certo dia fui espiar o treino e gostei muito do que vi, a filosofia é muito rica e respeitosa, ensina a crescer e melhorar cada dia mais como ser humano, física, mental e espiritualmente.

DSC07728

Dagoberto Port

55 anos
Biólogo

Sempre tive muito interesse pela cultura oriental, em especial a japonesa. Na busca por conhecer melhor alguns aspectos desta cultura tentei conhecer um pouco sobre várias artes marciais, porém não tive a sorte de encontrar, na minha região, alguma que tivesse características não só de um conjunto de técnicas de defesa, mas que também cultivasse questões filosóficas e de conduta ética e moral. Em 1997 tive meu primeiro contato com o AIKIDO, na cidade de São Leopoldo-RS, onde conheci meu primeiro Sensei (Bismarck Mayer), um grande incentivador da arte, também ligado ao grupo do saudoso Kawai Sensei. Por questões profissionais acabei me mudando de cidade/estado diversas vezes e tive que deixar meus estudos de AIKIDO em segundo plano, principalmente as técnicas, mas conservando os demais ensinamentos já aprendidos. Em 2011 quando passei a morar em Santa Catarina, conheci o Sensei Fernando e após um período de adaptação na região, retomei os treinamentos em 2013 com o intuito de não mais interrompê-los.

diego

Diego Arpini

10 anos
Estudante

Porque não é só uma arte marcial, é um caminho de aprendizagem e respeito, que nos ensina a ter autocontrole e faz você se fortalecer fisicamente e mentalmente (psicologicamente), assim mostrando que o melhor é não reagir (fazer força contra) e sim usar a energia do oponente contra ele mesmo. E também porque isso nos ajuda na vida social, na escola, (para os adultos no trabalho), em casa, na rua em outros lugares.

enzo

Enzo Arpini

12 anos
Estudante

Acho que praticar Aikido foi muito importante na minha vida tanto fisicamente, como espiritualmente. É uma arte que nos ensina a ter controle de si, e acima de tudo nos ensina a nos defender sozinhos sem usar a violência, mas com calma e harmonizando a energia que seu oponente lhe dá para usa-la contra ele.

DSCN1098

Fábio Rodrigo de Alcantara Lopes

37 anos
Oceanógrafo

Iniciei no Aikido por que necessitava fazer alguma atividade física e não tinha vontade alguma de fazer academia. Porém logo no primeiro mês de aula, percebi que é uma arte marcial de defesa pessoal que pode ser praticada por qualquer tipo físico, não necessitando ser um atleta. Outro fator que me chamou bastante a atenção foi a filosofia e o respeito que o Aikido exige em relação ao seu colega de treino e ao Sensei. Após estes meses de prática, chego a conclusão que o Aikido é uma excelente atividade que exercita o corpo e o espírito de seus praticantes.

ides

Ides Nesello Júnior

39 anos
Fisioterapeuta

Inicialmente, minha busca no Aikido foi por uma atividade física para manutenção da saúde e bem estar, no entanto, com a prática constante comecei a perceber os demais benefícios que esta bela arte pode nos proporcionar, entre os quais: amizade, auto-confiança, concentração, desestresse, disciplina, disponibilidade, equilíbrio emocional e energético, respeito e tolerância.

joao

João Pozza

31 anos
Bancário e Advogado

Já pratiquei boxe, muay-tai e submission. Apesar de respeitar todas estas artes marciais, a filosofia é diferente. Explico: tinha receio de convidar um amigo para praticar boxe, por exemplo, pois chega um momento em que ambos lutam entre si (fazem uma “luva”), ou seja, é um contra o outro. Eu saía do treino mais tenso do que quando o iniciava. E isto não ocorre no Aikido, pois neste um ajuda o outro, você aplica a técnica na pessoa e depois esta pessoa aplica a mesma técnica em você, ou seja, é um a favor do outro. É simplesmente genial! Para mim é uma junção de harmonia, concentração, suavidade, rapidez, inteligência, percepção, paciência, paz interior, entre outros, e claro, um dos instrumentos de defesa pessoal mais inacreditáveis que eu já vi. É por isso que eu escolhi o Aikido para a minha vida.

lisiane

Lisiane Pazeto

26 anos
Fisioterapeuta

Inicialmente procurei o Aikido no intuito de praticar um esporte, mas não tinha nenhum conhecimento sobre essa arte marcial e também nunca havia praticado nada do gênero. Mesmo difícil no início continuei, e hoje se falto algum treino me faz muita falta, fisicamente encontrei a atividade física que procurava, um bom preparo e condicionamento físico no trabalho para as atividades e atendimentos dos pacientes, e também no dia-dia. Na questão mental tenho mais auto-controle, segurança, concentração e já sou menos ansiosa. E ainda de brinde ganhei amigos e a oportunidade de aprender uma arte marcial para a auto-defesa.

macaneiro

Luiz Maçaneiro

38 anos
Engenheiro Agrônomo

Durante este último ano através de amostras de vídeo e conversas sobre Aikido com o sensei Fernando comecei a conhecer mais detalhadamente sobre a prática desta belíssima arte marcial. Fato este que me fez começar a frequentar as aulas no dojo, a partir daí pude perceber o quanto este esporte modifica a condição física, corporal e espiritual do praticante além de melhorar a disciplina e auto estima em todas as etapas da vida.

luiz

Luiz Ribeiro

50 anos
Técnico Administrativo / Professor

Inicialmente buscava atividade física e a prática de artes marciais me pareceu uma boa alternativa. Tomei informações a respeito do Aikido, e pude perceber que era o que procurava. Incentivado pela família busquei um Dojo para iniciar os treinamentos. No Aikido encontrei saúde, arte marcial, princípios e um caminho para uma vida melhor. Corpo e mente caminhando para uma coisa só.

DSCN1100

Marcel Barboza de Melo

31 anos
Analista Telecom

Sempre tive prazer e um atenção para as artes marciais, fora a curiosidade pelo Aikido, foi o interesse pela filosofia da arte e o bem estar físico.

DSC07725

Marcelo Anacleto Diniz

39 anos
Engenheiro Eletricista

Inicialmente comecei a praticar AIKIDO porque desejava aprender uma defesa pessoa eficiente, mas com o tempo percebi que estava aprendendo e reforçando os conceitos de respeito, dignidade, educação, disciplina e amor ao próximo. Hoje sinto que a habilidade marcial melhora a cada treino e faz parte de algo maior que me traz o equilíbrio e confiança para minha vida e família.

DSCN1124

Marcos Luiz Pessatti

45 anos
Professor

Pratico Aikido para fortalecer o corpo e suavizar a mente. Muito além de uma arte marcial, antes o Aikido é uma prática que oportuniza a harmonização do estado mental, de modo que a caminhada do dia-a-dia se torne mais suave e prazerosa. E o corpo mais forte e com maior vitalidade.

DSC07722

Mauro Cesar dos Santos

53 anos
Advogado

Para ter atividade física e não ficar “encarangado...”

DSC07731

Paulo Nishida

30 anos
Contador

Pratico arte marcial desde 1994 onde já treinei Karate, Capoeira, Taekwondo, Jiujtsu, porem atualmente as arte marciais vem perdendo a sua essência, deixando de ser uma arte marcial para apena uma luta marcial, foi onde encontrei o Sensei Fernando que junto com sua equipe cultivam a tradição, o respeito e o espirito de equipe que é o que eu buscava.

DSC07724

Victor Badaoui Felde

20 anos
Estudante

Com certeza meus motivos pela prática do AIKIDO são iguais aos dados pelos meus amigos em seus depoimentos. (Saúde, disciplina, confiança...).Mas o que me fascina no Aikido é ver um belo Jiu Wasa entre dois grandes Aikidocas. Lembro de quando logo comecei e vi pela primeira vez, achei aquilo o máximo. O respeito entre os dois praticantes, a destreza nos movimentos complexos e intensos e lógico, as belas técnicas que até então só tinha visto algo parecido no cinema, acontecendo ali bem na minha frente. Ao terminar fiquei meio chocado, depois de tantas quedas e imobilizações, achei que o Uke estaria machucado e "infeliz". Mas não. Ele se levanta pela última vez, cumprimenta e sai com um sorriso largo no rosto. Foi aí que eu vi que tinha algo diferente nessa bela arte, e não tive dúvidas, que esse seria bom caminho para seguir. Um caminho de paz, saúde, amigos e diversão, sempre acompanhado com uma bela filosofia.